terça-feira, 18 de março de 2008

Sem título

Porque passar por aqui?
Não há nada que se possa fazer
Não há nada que se possa dizer
As lagrimas já foram derramadas
E tudo desabou junto com a chuva

E no meu semblante ficam os rastros
Do desastre...
E procuro consolo em algo invisível

Quero-te tão bem, quero-te tão distante
Prefiro a solidão sozinha
Do que a solidão na multidão
Agora entendo que é melhor não vir por aqui
Não se pode mudar os sonhos
Mas se pode mudar os pensamentos.

1 comentários:

Rodrigo

Achei que ó eu tivesse problemas com títulos...

  © Blogger template 'SimpleBlue' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP